«Voltar

HISTÓRIA DE UMA GAIVOTA E DO GATO QUE A ENSINOU A VOAR de Luís Sepúlvada

 

SINOPSE

Uma gaivota, apanhada por uma maré negra, consegue voar em grande esforço e cai na varanda do Gato Zorbas em agonia. Momentos antes de morrer consegue ainda pôr um ovo, fazendo com que Zorbas lhe prometa que cuidará do ovo e que ensinará a pequena gaivota a voar.

Zorbas consciente da responsabilidade assumida irá pedir ajuda e partilhar com os seus amigos Colonelo, Sabetudo, Secretário e Barlavento a difícil tarefa de criar, educar e ensinar a voar a pequena gaivota.

 

FICHA ARTÍSTICA E TÉCNICA

Texto Luís Sepúlveda | Tradução Pedro Tamen Adaptação Nuno Artur Silva e Teatro Meridional Versão Dramatúrgica Natália Luíza Encenação Miguel Seabra e Natália Luíza Interpretação Ana Piu (Matias), António Melo (zorbas), Carla Chambel (Ditosa), Carla Maciel (Barlaventoa), Dinarte Branco (Sabe Tudo), Fernando Nobre (Autor), Luciano Amarelo (Secretário) e Paulo B. (Colonello) Espaço Cénico e Figurinos Marta Carreiras Música Original André Cabaço Espaço Sonoro André Cabaço e Fernando Nobre Desenho de Luz Miguel Seabra Apoio Vocal Fernando Nobre Assistência de Encenação Carla Maciel Movimento Ana Rita Barata Taiji Qi Gong Pedro Rodrigues Realização de Figurinos Olga Amorim Direcção Técnica José Rui Silva Operação Técnica José Rui Silva, Ulisses Sena e Fernando Baranda Fotografia Pedro Sena Nunes Design Gráfico João Nuno Represas Consultadoria Jurídica Diogo Salema da Costa Produção Executiva Mónica Almeida e André Pato Co-Produção Associação Meridional de Cultura e Teatro Nacional de S. João

«Voltar

Newsletter

Desejo receber novidades sobre o Teatro Meridional.