PRÉMIOS

Ao longo da sua actividade, o Teatro Meridional recebeu as seguintes 42 distinções:

 

PRÉMIO EUROPA NOVAS REALIDADES TEATRAIS 2010

Logo Prémio Europa sem fundo

 

 

2015

ANTÓNIO E MARIA

Globo de Ouro Melhor Actriz de Teatro 2015 – Maria Rueff – SIC e Revista Caras

Prémio SPA – Maria Rueff – Melhor Atriz de Teatro 2015 (nomeação)

Prémio Time Out Lisboa – Maria Rueff –Melhor Atriz Teatro 2015 (nomeação)

 2014

AL PANTALONE

Prémio Nacional da Crítica 2014 – Associação Portuguesa de Críticos de Teatro


Prémio do Público - FIT Almada 2014


PEDRO PÁRAMO

Globo de Ouro Melhor Espectáculo de Teatro – SIC e Revista Caras (nomeação)


Globo de Ouro Melhor Actor de Teatro – Ivo Canelas – SIC e Revista Caras (nomeação)

 

2013

AS CENTENÁRIAS

Prémio SPA - Flávia Gusmão – Melhor Atriz de Teatro 2013

 

 2012

ANJOS COM FOME

Prémio Time Out Lisboa - Carla Galvão - Melhor Atriz Teatro 2012


O SENHOR IBRAHIM E AS FLORES DO CORÃO

Prémio do Público - FIT Almada 2012

Globo de Ouro Melhor Actor de Teatro – Miguel Seabra – SIC e Revista Caras (nomeação)

 

2010

CONTOS EM VIAGEM - CABO VERDE

Prémio do Público - FESTLIP – Festival de Teatro da Língua Portuguesa (RJ - Brasil)


 

A RAINHA DA BELEZA DE LEENANE

 

 Melhor Trabalho Cenográfico - Marta Carreiras - Prémio Autor SPA - (nomeação)

 

 

2007

CONTOS EM VIAGEM - CABO VERDE

Globo de Ouro Melhor Actriz de Teatro – Carla Galvão - SIC e Revista Caras (nomeação)


POR DETRÁS DOS MONTES

Prémio de Melhor Música Original 2007 - Fernando Mota - Guia dos Teatros


TEATRO MERIDIONAL

Prémio Copacabana - Mindelact - Festival Internacional de Teatro do Mindelo (S. Vicente - Cabo Verde)

Prémio que "visa distinguir o contributo da Companhia no sentido de dotar a Lusofonia

de verdadeiros canais de comunicação humana, cultural e social".

2006

POR DETRÁS DOS MONTES

Prémio Nacional da Crítica 2006 - Menção Honrosa - Associação Portuguesa de Críticos de Teatro

atribuída a Fernando Mota pela Banda Sonora Original do Espectáculo

Globo de Ouro Melhor Espectáculo de Teatro – SIC e Revista Caras (nomeação)


WAITING FOR GODOT

Globo de Ouro Melhor Actor de Teatro – António Fonseca – SIC e Revista Caras (nomeação)

 

2004

PARA ALÉM DO TEJO

Prémio Nacional da Crítica 2004 -  Associação Portuguesa de Críticos de Teatro

Globo de Ouro Melhor Actriz de Teatro – Carla Galvão – SIC e Revista Caras (nomeação)

Globo de Ouro Melhor Actor de Teatro – Nuno Lopes – SIC e Revista Caras (nomeação)


ENDGAME

Globo de Ouro Melhor Espectáculo de Teatro 2004 – SIC e Revista Caras.

Globo de Ouro Melhor Actor de Teatro 2004 – Miguel Seabra – SIC e Revista Caras

Globo de Ouro Melhor Actor de Teatro 2004 – João Lagarto– SIC e Revista Caras (nomeação)

 

2001

DELÍRIOS DELL'ARTE - VERSÃO PANTALONE

Prémio Melhor texto de teatro 2001 – Associação Portuguesa de Argumentistas e Dramaturgos

2000

A VARANDA DO FRANGIPANI

Prémio António José da Silva, O Judeu – Melhor Encenação - FIT Almada 2000

 

1999

QFWFQ. UMA HISTÓRIA DO UNIVERSO

Prémio do Público - FIT Almada 1999

 

1997

CALISTO. HISTÓRIA DE UMA PERSONAGEM

Prémio Melhor Actor - II Certamen Nacional de Teatro La Rioja, Espanha. 1999

Prémio do Público ao Melhor Espectáculo - Muestra Internacional de Teatro - Ribadavia, Espanha 2001

 

1996

ROMEO. VERSÃO MONTESCA DA TRAGÉDIA DE VERONA

Prémio Florencio Sanchez ao Melhor Espectáculo Estrangeiro 1997 - Associação de Criticos de Teatro de Montevideo (Uruguai)

Prémio Melhor Encenação - Festival de Teatro Hispano 1997 (Miami)

Menção Especial do Prémio Acarte/Madalena Perdigão da Fundação Calouste Gulbenkian 1996

 

1994

ÑAQUE OU SOBRE PIOLHOS E ACTORES

Prémio Nacional da Crítica 1994 -  Associação Portuguesa de Críticos de Teatro

Prémio de Reposição do concurso "O Teatro na Década" - Clube Português de Artes e Ideias

Prémio Melhor Interpretação - Miguel Seabra e Alvaro Lavin - C.P.A.I

Eleito para representar Portugal na VII Bienal dos Jovens Criadores da Europa e do Mediterrâneo

Prémio do Público - FIT Almada 1994

Prémio Melhor Interpretação - Miguel Seabra - FIT Arcipeste de Hita - Guadalajara (Espanha) 1995

1992

KI FATXIAMU NOI KUI

1º Prémio referente ao Melhor Espectáculo no V FIT Casablanca

Prémio Acarte / Madalena Perdigão 1992 da F.C.Gulbenkian ao Espírito de Inovação no campo das Artes do Espectáculo

Newsletter

Desejo receber novidades sobre o Teatro Meridional.